terça-feira, 28 de outubro de 2008

Associação de Capoeira Berimbau de Ouro



Galera, mais um post com cds de capoeira. Neste post vou disponibilizar um do Grupo Associação de Capoeira Berimbau de Ouro. Para minha surpresa, já que não conhecia esse grupo, eles têm um trabanho bem organizado. Vou colocar aqui a história do Mestre que fundou o grupo.

"Joaquim Rodrigues da Silva nasceu no dia 1º de junho de 1959 na cidade de Brejo Santo – CE. Aos quatro anos de idade muda-se com sua família para Araripina-PE, onde, desde cedo, percebeu-se atraído pelos conhecimentos das artes marciais dos quais, sempre que possível, buscou praticar e aperfeiçoar-se, mesmo que para isso fosse necessário entrar nas lutas livres das brigas de menino nas ruas da sua infância.

Quase como uma devoção, o garoto Joaquim aos onze anos ganha o mundo na companhia de seu amigo José Nilton e aventura-se por meio de caronas e caminhadas a ermo na busca de compreensão da arte de lutar. Já praticante do caratê e leitor dos anúncios, revistas e livros, vindos de Recife que divulgavam muito mais as artes marciais do oriente do que as do ocidente, o futuro mestre estranhou e se deslumbrou no primeiro contato com a capoeira por meio de um colega chamado Jedivam, que vez por outra visitava Araripina-PE, onde aprende com este as oito seqüências da Capoeira Regional do Mestre Bimba. Agora, apaixonado e convencido do seu amor por uma luta genuinamente brasileira, identifica-se com ela de pele e alma. Viaja para Salvador em busca das tradições que influenciaram Bimba, no entanto não passa mais que três dias por não conseguir emprego e ter que se condicionar a dormir nas ruas.

Retorna para Araripina e na companhia do seu irmão viaja para o Rio de Janeiro onde passa 10 anos em contato direto com a capoeira praticada pelos cariocas. Morando num alojamento em Santo Agostinho e trabalhando como auxiliar de serviços gerais, o Jovem Joaquim matricula-se na Academia Militão na qual aprende a disciplina do Mestre Batista. Em Volta Redonda, conhece o lado marginal da capoeira com o Mestre Índio e compreende as “artimanhas”, a “malandragem”, bem como a mandinga e malícia da capoeira praticada nas ruas. Em 1978, de volta a Pernambuco, conhece o Mestre Paulo em Palmares, onde aprende a capoeira estilizada paralela a de Angola e da Regional e outros conhecimentos de quedas da luta livre, como as do judô e do caratê.

Em 1980, depois de se criar pelo mundo vivenciando os segredos e fundamentos da capoeira praticada nas terras brasileiras, experimenta viver o dia-a-dia de apresentações nas ruas, clubes e circos; até que em retorno à cidade de sua infância, quando é reconhecido pela comunidade como o Mestre Joaquim, obviamente por merecimento, dedicação e disciplina. Com o apoio de ‘José dentista’ abre uma academia de lutas marciais junto com um amigo lutador de boxe-tailandês. Em 1981, a convite do seu pai, viaja para Picos-PI e embaixo de um pé de tamarindo, na rua Coronel Antônio Macedo, inicia a prática da capoeira nesta cidade; em 1982 inicia parceria com João Candido, presidente da Academia de Samba 13 de Maio e no mesmo ano ganha o troféu de Escola Campeã com uma ala de capoeira. A partir de 1983 ministra aulas na Academia Lumasa e, em 1988, funda o Grupo de Capoeira Berimbau de Ouro, nome dado por seu aluno Edimilson Barbosa, que funciona no Centro Social Urbano no bairro DNER. Tem como alunos Dedé, Tubijara, Pedrinho, Nego Tam, José Maciel, Cleuton e Adão, forma como professores os três últimos. Em constantes viagens para Araripina e Crato-CE para divulgação de seus trabalhos e formação de professores, abre academias e projetos sem fins lucrativos para crianças e adolescentes nestas cidades.

Em 1994, casa-se com Isaura Vieira da Silva que conhece como aluna numa roda de capoeira em Picos e com esta tem dois filhos, Wistefan Vieira da Silva e Joaquim Rodrigues da Silva Filho. No ano de 2003, em parceria com Wilma Catão Araújo, coordenadora administrativa do SESI, dá início ao Projeto Arte e Vida que atende atualmente 35 crianças de baixa renda no bairro do Parque de Exposição.

Hoje, completando 48 anos de vida, no dia 01 de junho, continua lutando, muitas vezes sozinho, incansavelmente por uma maior visibilidade da capoeira mediante empreendimentos e ações socioculturais. Sem perder a cadência e a ginga, é conhecido não somente por seus alunos, mas por toda a sociedade como o pai da Capoeira Regional em Picos e Araripina. Dentro da roda, ao som do berimbau, o Mestre Joaquim é muito mais que isso, talvez uma entidade que preserva a capoeira como nosso patrimônio cultural."

Vídeo de Capoeira -> Capoeira Brasil - Rodas de Capoeira



Atendendo a pedidos dos leitores , vou fazer a primeira de muitas postagens de vídeos de capoeira. Para começar vou postar um cd do Grupo Capoeira Brasil. Aí vai:


Espero que gostem. Em breve vídeo de uma batizado do Abadá Capoeira em Nova Yorque.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Grupo Capoeira Beribazu



Galera hoje vou postar um cd desse Grupo de Capoeira, que eu particularmente não conhecia. Porém ao pesquisar na internet descobri que é um grupo tem capoeirista no mundo todo e prace ser bem leagl e organizado o trabalho que eles têm. Vamos com um pouco da história do Grupo Beribazu.


" O Grupo de Capoeira Beribazu foi fundado em 11 de agosto de 1972, no Distrito Federal pelo Mestre Zulu. Atualmente existem núcleos do Grupo espalhados pelo país e em diversas regiões do mundo. No Brasil, em Brasília (DF), Vitória (ES), Valparaizo (GO), Joinville (SC), Chapecó (SC), Criciúma (SC), Florianópolis (SC). Internacionalmente, o Grupo tem representação em Varsóvia (Polônia), Kansas (EUA), Ilmenau (Alemanha), Bristol (Inglaterra), Buenos Aires (Argentina) e Verona (Itália).

O Grupo Beribazu tem como lema o binômio "Arte-Luta" e procura elaborar uma síntese que busca a superação da divisão: Capoeira Angola e a Capoeira Regional, procurando difundir a capoeira da forma mais abrangente possível, através da análise crítica dos seus valores histórico-culturais.

Por intermédio do estudo e da prática da capoeira, o Grupo Beribazu tem como objetivo principal contribuir para a formação integral do ser humano e conceber a capoeira como um instrumento relevante no processo de aprendizagem social e no exercício crítico da cidadania.

O crescimento e a disseminação da capoeira nos últimos anos têm exigido dos praticantes um compromisso concreto com a sua valorização e é dentro dessa perspectiva que o Grupo Beribazu vem implementando suas metas. O Grupo Beribazu já produziu dois CDs com cânticos inéditos compostos por seus integrantes e também um livro sobre a sua história.

Capoeira Porto da Barra



Garela desculpem a demora, estou meio atarefado. Como havia prometido, vou postar o cd do Mestre Bradesco. Antes vou falar da história do grupo dele.

A Capoeira e o Grupo Porto da Barra

"A capoeira é uma arte-marcial afro-brasileira que reúne defesa pessoal, cultura, lazer e exercícios físicos variados: alongamento, flexibilidade, exercícios aeróbicos e de força. O Grupo de Capoeira Porto da Barra, criado pelo Mestre Cabeludo, segue a linha da Capoeira Regional Tradicional, buscando seguir os fundamentos desta arte-luta e os ensinamentos de seu criador, Mestre Bimba (Manoel dos Reis Machado). O Grupo é reconhecido internacionalmente pela sua força e importância para a perpetuação desta tradicional expressão cultural. O grupo segue os ensinamentos do Mestre Bimba e de seu discípulo Mestre Vermelho 27, e possui metodologia de ensino própria, aprovada por educadores físicos do grupo. Nosso grupo vem crescendo rapidamente, espalhando-se por diversas cidades do Brasil e do mundo. Atualmente, o Grupo de Capoeira Porto da Barra está presente em diversas localidades da Espanha, no Canadá, em Portugal, na Austrália, Bélgica, Itália e Argentina, além de estar em diversos estados brasileiros e cidades baianas. Constituímos assim uma grande e miscigenada família. Venha fazer parte desta comunidade! "



fonte: www.leticiadesign.com/porto.html